Saque ATM: tudo o que você precisa saber para economizar

Joao Marcos
28.10.21
Leitura de 4 minutos

Para quem viaja ao exterior, fazer saque no ATM é uma alternativa prática para retirar dinheiro durante uma viagem internacional e pagar por pequenas despesas. Mas com diversas opções de caixas eletrônicos que aceitam cartões de débito ou crédito internacionais, como saber qual a mais econômica?

Acompanhe o artigo abaixo e descubra como funciona o saque no ATM, quais as principais taxas cobradas e também dicas de como economizar dinheiro em cada retirada. E também não deixe de conhecer o cartão Wise, a melhor opção para saques e compras internacionais.

Saiba mais sobre o cartão Wise 💳

O que é ATM?

Afinal, o que é saque ATM? A sigla vem do inglês e significa Automatic Teller Machine. Ou seja, representa todo e qualquer equipamento eletrônico utilizado para automatizar e facilitar procedimentos financeiros como saques do cartão, pagamento de contas, entre outras transações.

No Brasil, os primeiros equipamentos dessa categoria surgiram em 1983, quando o Banco Itaú implementou os primeiros caixas eletrônicos no país. A partir de então, os aparelhos passaram a fazer parte da rotina de milhares de brasileiros que precisam realizar atividades bancárias simples e não querem perder tempo nas filas dos bancos. Sem contar que os caixas eletrônicos podem ser encontrados em diversos locais, desde supermercados até caixas de rua.

saque-atm

E assim como no Brasil, saques ATM no exterior também são uma alternativa prática para quem vai viajar para outro país e quer ter dinheiro em espécie para pequenos gastos como bilhetes de transporte público ou lanches. Os bancos possuem os caixas conveniados localizados no exterior, informados no site oficial de cada instituição. Mas também é possível utilizar outras redes locais ou internacionais espalhadas nas principais cidades do mundo.

Quanto custa um saque ATM no exterior?

Embora fazer saque ATM no exterior seja prático e útil durante as viagens, é importante saber que existe a incidência de taxas em cada transação, deixando o saque mais caro. As taxas mais convencionais cobradas são:

  • Cotação do câmbio turismo, ou seja, a conversão do dinheiro é feita com uma margem sobre o valor do câmbio
  • IOF de 6,38%
  • Tarifa de saque aplicada pelo banco
  • Tarifa de saque da administradora do caixa eletrônico

Contudo, quando o saque é feito pelo cartão de crédito em moeda internacional diferente do dólar, pode ocorrer dupla cobrança do câmbio. A primeira conversão é feita para o dólar pela bandeira do cartão e a segunda pelo banco do dólar para reais³.

E também é importante ficar atento porque, muitas vezes, os caixas eletrônicos no exterior sugerem fazer o saque na moeda do seu país de origem. Se você aceitar e não sacar com a moeda do país onde se encontra, terá um custo maior.

Qualquer cartão funciona em um ATM?

Os caixas eletrônicos funcionam de maneira similar em diferentes locais do mundo. Para fazer saque ATM, é preciso utilizar um cartão com chip, seja de débito ou crédito, para identificar o usuário e inserir os comandos no teclado do caixa eletrônico.

No entanto, com o avanço da tecnologia e dos protocolos de segurança, alguns equipamentos possuem leitura biométrica. Nesses modelos, não é necessário utilizar cartões de crédito ou débito para fazer transações financeiras. Isso, sem dúvida, torna o processo mais prático e seguro¹.

Leia também: Vale a pena usar seu cartão de débito no exterior?

Como fazer o saque em um ATM?

Para fazer saque ATM, basta procurar o caixa eletrônico mais próximo. Devido à inovação bancária, os correntistas podem retirar dinheiro da conta mesmo sem cartão. Nesses casos, a validação da operação é feita com biometria, QR Code ou código numérico.

As transações realizadas com o uso do cartão e biometria são as mais comuns no Brasil e no exterior. Portanto, acompanhe o passo a passo de como fazer saques em caixas eletrônicos com seu cartão de débito ou crédito:

  1. Acesse sua conta no caixa eletrônico utilizando o cartão ou sua biometria;
  2. Selecione a opção “Saque”;
  3. Digite o valor que deseja retirar;
  4. Insira a senha;
  5. Retire o dinheiro no local indicado e conclua a operação.

É importante conferir as taxas que serão aplicadas durante a transação, para evitar surpresas e a cobrança de tarifas extras. Alguns caixas eletrônicos cobram duas vezes, ou seja, ao sacar dinheiro em um ATM não vinculado ao seu banco, você geralmente paga uma taxa para o seu banco e outra para a instituição responsável pelo caixa.

Em caso de dúvida, vale a pena entrar em contato com o seu banco e conferir onde estão localizados os caixas ATM parceiros da bandeira do cartão ou do seu banco.

Posso usar meu cartão de crédito para fazer um saque?

A maioria das bandeiras de cartões de crédito permitem o saque ATM. Contudo, para fazer a retirada de dinheiro da conta, os usuários devem utilizar um Número de Identificação Pessoal (PIN).

Além disso, o saque só será liberado se o cliente tiver saldo ou limite disponível no cartão. Em caso de dúvida sobre as tarifas para esse tipo de transação, os clientes devem entrar em contato com a bandeira do cartão de crédito².

Saque ATM no exterior: saiba como economizar

É comum encontrar caixas eletrônicos internacionais que oferecem a conversão para moeda local e isso geralmente atrai a atenção dos viajantes, principalmente pela praticidade. Contudo, é preciso ficar atento às taxas ocultas desse tipo de serviço.

Essa prática é conhecida como DCC ou Dynamic Currency Conversion. Através dela, ao fazer o saque ATM no exterior, o usuário solicita ao provedor do caixa eletrônico que calcule uma taxa de câmbio para a transação. Isso gera a cobrança de taxas mais altas para a conversão.

Diante disso, ao utilizar um ATM no exterior, o viajante deve optar por ser cobrado na moeda local do país e não deixar que o caixa eletrônico faça a conversão automaticamente (DCC). Também é importante pesquisar melhores alternativas para fazer retiradas de dinheiro.

Cartão Wise: sua melhor opção para saques e compras internacionais

Na Wise, o cartão Visa ou Mastercard da plataforma é a melhor opção para fazer saques e compras internacionais. Aceito em estabelecimentos comerciais em 200 países, o cartão Wise permite que os usuários façam retiradas de dinheiro em mais de 2 milhões de caixas eletrônicos.

Abra sua conta gratuita clicando aqui
e peça o seu cartão agora mesmo 💳

As compras com o cartão Wise também são mais econômicas porque, diferente dos cartões de crédito de bancos tradicionais, a conversão do valor da compra é feita com base na taxa de câmbio média do mercado, sem taxas extras. Além disso, o cartão, físico e virtual da Wise também apresenta as seguintes vantagens:

  • Para cartões emitidos no Reino Unido/Europa: 2 saques gratuitos por mês, desde que o valor total seja inferior a 200 GBP/EUR. Depois disso, cobra-se 0,50 GBP/EUR por transação. Essa tarifa é fixa. Se você sacar/levantar mais de 200 GBP/EUR em um mês, cobra-se mais 1,75% do valor retirado em tarifas
  • Se você já tiver a moeda vinculada à transação em sua conta Multimoeda, ela será gratuita. Caso não tenha a moeda em seu saldo, haverá uma taxa de conversão, normalmente entre 0,24–3,69%

Fazer um saque ATM é algo comum durante uma viagem ao exterior, já que é importante ter dinheiro em espécie para fazer pequenos pagamentos como bilhetes de transporte público ou lanches. No entanto, é preciso ficar atento às taxas cobradas durante o saque para evitar perder dinheiro. Para ajudar, não deixe de conferir o artigo completo sobre se vale a pena usar cartão de crédito no exterior.

cartao-multimoeda-wise

Leia também: Cartão de crédito digital vale a pena?

Fontes utilizadas neste artigo:

  1. Mais Retorno. ATM.
  2. Mastercar - ATM Locador
  3. Nubank - Atendimento com o suporte ao cliente em 23 de outubro de 2021, iniciado às 15h04

Fontes checadas pela última vez em 23 de outubro de 2021.


Esta publicação foi redigida com o intuito de fornecer informações gerais, sem a pretensão de abranger todos os aspetos do tema em questão. Ela não se destina a fornecer orientação financeira. Você deverá procurar aconselhamento profissional e/ou especializado antes de tomar qualquer ação baseada no conteúdo deste artigo. A informação da publicação não constitui parecer legal, fiscal ou de qualquer outra índole profissional por parte da TransferWise Ltda e seus parceiros. Resultados anteriores não garantem efeitos similares no futuro. Não garantimos de forma explícita ou implícita que o conteúdo da publicação esteja preciso, completo ou atualizado.

Wise é o jeito novo e inteligente de enviar dinheiro para o exterior.

Saiba mais

Dicas, novidades e atualizações para a sua região