Descubra como três brasileiros gerenciam suas finanças no exterior.

Vinício Mancuso

São incontáveis os motivos que levam os brasileiros ao exterior, mas todas as histórias têm algo em comum: A necessidade de administrar dinheiro internacionalmente. Veja como o José, a Izadora e a Fatimat, em latitudes completamente distintas, fizeram da Wise um porto seguro quando o assunto é finanças.


José Pedro foi para o outro lado do mundo, mas continua um filho exemplar - mesmo longe dos pais.

Eu cheguei em Auckland, Nova Zelândia, em busca de emprego e segurança, apesar de nunca ter imaginado sair de Governador Valadares, em Minas Gerais, muito menos vir parar do outro lado do mundo.

Não sei se dei sorte, mas eu encontrei ambos aqui, além de cenários naturais incríveis em todos os lugares que visitei. Desde que cheguei, foi muito importante encontrar soluções que fazem a minha vida no exterior mais fácil. A Wise certamente foi uma delas.

Precisava de um jeito prático para administrar dinheiro internacionalmente. Eu já tinha recebido algum dinheiro dos meus pais pela Western Union quando ainda estava me estabelecendo, conhecia o sistema deles. Quando foi a minha vez de enviar para o Brasil, percebi que as taxas eram bem altas, além da inconveniência no envio ao ter que ir pessoalmente em uma loja. Depois de alguma pesquisa, encontrei a Wise.


Fotografía por Aprille Joy López

Desde então, eu economizei tanto que já tive a oportunidade de retribuí-los com presentes e até pagar pela viagem de casamento deles. Foi gratificante saber que eles passaram dias só de sombra e água fresca em uma data tão especial, mais do que isso, ver que eles receberam todo o valor que eu queria enviar, já que nada foi perdido no caminho em taxas escondidas.

Além de enviar dinheiro, também obtive o Cartão de Débito da Wise. Tenho feito todas as compras internacionais online com ele. No final das contas, boa parte da administração financeira que preciso fazer hoje em dia passa pela Wise.

Sempre pronta para novos projetos, Izadora conta com a Wise para correr atrás dos sonhos.


Fotografía por Sheik Kamara

Sempre fui muito curiosa, meu sonho de criança era viajar e conhecer o mundo. A minha primeira parada foi na Califórnia - me senti em casa desde que pousei no País, mas o meu visto não me permitia ficar muito tempo. Depois de um breve tempo de volta ao Brasil, decidi encarar Londres, e lá se vão quase três anos que eu vivo nessa cidade incrível.

Já trabalhei em festivais de música, já cuidei de crianças, trabalhei para fintechs, além de tocar meus projetos pessoais com fotografia e assessoria para startups.

Na minha vida no exterior sempre surgem novos desafios, e o que me deixa tranquila é saber que posso contar com a Wise para me organizar financeiramente sem dores de cabeça. Os pagamentos para a nova marca de velas artesanais que criei, por exemplo, irão todos à minha conta bancária em GBP na plataforma.

Eu uso as ferramentas da Wise como o cartão de débito e os saldos há algum tempo, e faço transferências do e para o Brasil há mais tempo ainda. Acredito que, ao todo, já tenha economizado milhares de Reais, considerando meu histórico de transferências e aplicando as tarifas que bancos e casas de câmbio aplicariam.

Escutei sobre a companhia antes mesmo de vir, então a decisão foi bem fácil. O que me deixa mais feliz é o quão didática a plataforma é, mesmo que eu tente algum método de pagamento diferente. Faço tudo muito confiante, até mesmo integrando sistemas quando necessário, como o da Wise com o Monzo. É simplesmente incrível, é o futuro.

Entre pesquisas e descobertas, a paulista Fatimat viaja leve com o Cartão da Wise.

Antes de atuar profissionalmente na França como cientista na área de imunologia e neurologia, eu passei cinco anos me graduando no Canadá, e a Wise já me ajudava naquela época, inclusive quando precisei fechar as contas e realizar transferências para o País para encerrar tudo corretamente.

Recentemente passei a também utilizar o cartão de débito, que definitivamente me salvou em minha última viagem por alguns países da Europa. O cartão do meu banco regular na França não funcionou em uma das ocasiões (não foi a primeira vez), mas pude concluir o pagamento tranquilamente através do cartão da Wise. Assim que o recebi, já o adicionei à minha carteira digital, não preciso nem levar o cartão físico para realizar pagamentos.

Fotografía por Sandra Mehl

Já consegui salvar cerca de 400 EUR em transferências mensais que faço para o Brasil. Antes eu não consultava um psicólogo que estivesse no Brasil porque não fazia a mínima ideia de como enviar dinheiro para a minha conta, agora, faço minhas transferências para minha conta no País e dou o destino que quiser ao dinheiro.

Só esse mês eu já recomendei a Wise para quatro pessoas, todas elas em processo de mudança ou viagem, como os pais de um amigo que consideravam vir para a Europa com dinheiro na mochila(!). O simples fato de que não precisarei abrir uma conta no Brasil quando fizer uma visita por lá, levando apenas meu cartão de débito, fará de minha viagem um período muito mais leve e tranquilo, desfrutando da sempre reenergizante companhia da minha família e amigos.


Wise é uma nova e inteligente maneira de enviar dinheiro para o exterior, por uma fração do custo de um banco ou casa de câmbio. Junte-se a mais de 10 milhões de clientes que já economizam criando a sua conta ou baixando o nosso app Android ou iOS app.

Consulte os termos de uso e a disponibilidade de produtos para a sua região ou visite tarifas da Wise e preços para obter os preços mais atualizados e informações sobre tarifas.

Esta publicação é fornecida para fins de informação geral e não constitui aconselhamento jurídico, tributário ou outro aconselhamento profissional da Wise Payments Limited ou de suas subsidiárias e afiliadas, e não se destina a substituir a obtenção de aconselhamento de um consultor financeiro ou de qualquer outro profissional

Não fornecemos nenhuma declaração, garantia ou aval, expresso ou implícito, de que o conteúdo da publicação esteja preciso, completo ou atualizado.

Dinheiro sem fronteiras

Saiba mais

Dicas, novidades e atualizações para a sua região