Quer morar legalmente na Argentina? Saiba por onde começar

Joao Marcos

Morar legalmente na Argentina é o objetivo de muitos brasileiros que planejam trabalhar ou estudar no exterior, além de conhecer uma nova cultura. A boa notícia é que a proximidade dos países e os acordos imigratórios existente tornam esse processo menos burocrático e econômico.

Neste artigo, iremos explicar o que é necessário para viver na Argentina e os principais tipos de vistos de longa duração disponíveis para brasileiros. Também conheça a conta multimoeda Wise, uma maneira econômica e inteligente para usar seu dinheiro na Argentina.

pague-pix-wise

Morar legalmente na Argentina: o que é necessário

Os brasileiros que planejam morar legalmente na Argentina precisam solicitar um visto de residência na Dirección Nacional de Migraciones. Para protocolar esse pedido, é necessário apresentar uma documentação específica que varia de acordo com o tipo de visto (transitório, temporário ou permanente) e os motivos da solicitação (familiar, trabalho, estudos, entre outros).

Como o Brasil faz parte do Mercosul e tem um acordo bilateral com a Argentina, o processo para legalizar a residência no país vizinho é mais fácil em comparação a outras nações.

A solicitação pode ser realizada ainda em solo brasileiro ou estando na Argentina pelos seguintes órgãos¹:

  • Consulado da Argentina no Brasil;
  • Departamento de Gestão de Trâmites do Mercosul;
  • Direção de Residências;
  • Direção Geral de Imigração;
  • Direção Nacional de Migrações;
  • Delegações no interior do país.
Leia também: Qual é o salário mínimo na Argentina

Vistos para morar legalmente na Argentina

Para morar legalmente na Argentina por mais de 90 dias, você precisa de um visto de residência. Os tipos de autorizações mais solicitadas pelos brasileiros para viver no país são as seguintes:

  • Visto de estudante +365: indicadas para brasileiros que desejam estudar na Argentina por um período maior do que 365 dias. Essas solicitações devem ser tramitadas no Consulado da Argentina no Brasil pelo próprio requerente;
  • Visto de nacionalidade: disponível apenas para estrangeiros que residem nos países que fazem parte do Mercosul. Permite que o requerente more temporariamente na Argentina por um prazo de 2 anos;
  • Visto de trabalho: permite que o brasileiro trabalhe e more legalmente na Argentina. O pedido deve ser tramitado no Consulado da Argentina no Brasil e o prazo varia de acordo com as condições laborais apresentadas. O visto deve ser solicitado pelo próprio requerente;
  • Visto para reagrupamento familiar: disponível para cônjuge, filho ou progenitor de um cidadão argentino nativo, naturalizado ou por opção. Também podem obter essa solicitação o estrangeiro que seja cônjuge, progenitor ou filho menor de 18 anos de um estrangeiro com residência permanente na Argentina.

Além dos vistos listados acima, a Argentina também prevê autorizações para que estrangeiros residam legalmente no país de maneira temporária ou transitória. Nesses casos, os prazos para permanência são menores e variam conforme o tipo de solicitação.

como-morar-na-argentina

Leia também: Como estudar medicina na Argentina

Brasileiro precisa de visto para morar permanentemente na Argentina? Os países têm acordo?

Os cidadãos dos países que fazem parte do Mercosul, como o Brasil, podem entrar na Argentina apenas com a carteira de identidade nacional. No entanto, se o objetivo é morar permanentemente no país, terá que solicitar um visto.

Felizmente, devido ao acordo bilateral firmado entre Brasil e Argentina que visa a integração econômica baseada na livre circulação, os cidadãos de ambos os países podem solicitar a residência permanente com maior facilidade.

Leia também: Tem Nubank na Argentina?

Qual é o salário mínimo da Argentina?

Ficou estabelecido em reunião do Conselho do Salário Mínimo Vital e Móvel que o salário mínimo da Argentina chegará a ARS 57.900 em novembro de 2022². No entanto, ainda nesse mês haverá uma revisão do valor, conforme acordado previamente.

O salário mínimo ainda terá um aumento homólogo de 80,9% em dezembro e 75,5% em março de 2023. É importante lembrar que esse valor pode mudar segundo a profissão, nível de qualificação e atividade desenvolvida pelo trabalhador.

Leia também: Qual é o custo de vida na Argentina?

Pensando em morar na Argentina? Faça um cartão da Wise e gaste como um local

A Wise é uma grande aliada de quem está pensando em morar legalmente na Argentina. Ao abrir a sua conta multimoeda na plataforma, você poderá guardar e converter saldo na sua conta em mais de 50 moedas diferentes, entre elas o peso argentino.

cartao-multimoedas-wise

Abra sua conta clicando aqui 💳

Assim, antes mesmo de mudar para o país vizinho, você pode uma conta em pesos argentinos para usá-la sempre que precisar. Além disso, ainda poderá solicitar o cartão de débito internacional Wise para ser usado para compras e saques no exterior.

Além de mais praticidade, a conta multimoeda e cartão Wise também são econômicos. Isso porque, todas as conversões de moedas são feitas com base no câmbio comercial, sem acréscimo da margem como ocorre em outros provedores.

Leia também: Como sacar dinheiro na Argentina

Fontes usadas neste artigo:

  1. Ministerio de Trabajo y Economia Social.Residir na Argentina
  2. Infobae. Salário mínimo na Argentina

Fontes checadas pela última vez em 18.11.2022


Consulte os termos de uso e a disponibilidade de produtos para a sua região ou visite tarifas da Wise e preços para obter os preços mais atualizados e informações sobre tarifas.

Esta publicação é fornecida para fins de informação geral e não constitui aconselhamento jurídico, tributário ou outro aconselhamento profissional da Wise Payments Limited ou de suas subsidiárias e afiliadas, e não se destina a substituir a obtenção de aconselhamento de um consultor financeiro ou de qualquer outro profissional

Não fornecemos nenhuma declaração, garantia ou aval, expresso ou implícito, de que o conteúdo da publicação esteja preciso, completo ou atualizado.

Dinheiro sem fronteiras

Saiba mais

Dicas, novidades e atualizações para a sua região