Bolsa de estudos no exterior: como conseguir

Joao Marcos
24.03.21
Leitura de 4 minutos

Estudar e morar fora do Brasil são sonhos possíveis. Existem muitas opções de bolsas, desde as das próprias instituições de ensino até programas educacionais e fundos privados de financiamento.

Leia este artigo para descobrir em quais países é possível estudar mais barato e como conseguir bolsas de estudo no exterior. Veja também como economizar nas transferências educacionais com a Wise.

Comece a economizar agora 💰

Estudar de graça no exterior: onde é possível

Dependendo do nível acadêmico do curso (graduação, mestrado ou doutorado) brasileiros não pagam para estudar em alguns países europeus. Neles, as universidades públicas são gratuitas para estrangeiros ou somente cobram taxas simbólicas aos alunos internacionais¹. Esses países são:

Também é possível estudar em Portugal pagando até € 1.000 por ano. Mas para isso é preciso passar por etapas burocráticas para conseguir o Estatuto de Igualdade e, no caso da graduação, ainda é preciso fazer o vestibular português.

Você também pode estudar de graça em uma boa faculdade sem ter que ir para muito longe do Brasil. Estudar medicina na Argentina, vem se tornando uma alternativa para muitos brasileiros, por exemplo. Pois as instituições públicas do país hermano têm um bom nível de ensino e são gratuitas. Universidades privadas também disponibilizam bolsas de estudo para estrangeiros.

Leia também: Estudar no Exterior em 2021: tudo o que você precisa saber

Como conseguir bolsa de estudos estudo no exterior

Você precisa preencher os requisitos da universidade ou organização para conseguir uma bolsa no exterior. Por isso, se esse apoio é determinante para você conseguir estudar fora do Brasil, procure as opções disponíveis com antecedência e se prepare para aplicar para elas. Veja alguns dos programas de bolsa que existem:

  • Programa Líderes: promovido pela Fundação Estudar, o apoio cobre de 5% a 95% do valor total necessário para a vida acadêmica do aluno, baseando-se principalmente no seu perfil financeiro. O programa possui uma comunidade que tem o objetivo de unir “grandes líderes” aos estudantes candidatos às bolsas e não há restrições de países ou universidades. Os candidatos também podem se inscrever enquanto já estão morando no exterior, desde que tenham disponibilidade para estar presencialmente em São Paulo caso seja solicitado.

Europa

  • Erasmus Mundus Joint Master: programa da União Europeia de financiamento de mobilidade acadêmica (intercâmbio) para educação e, neste caso, principalmente pesquisas.

  • Becas Santander: a instituição privada possui uma série de financiamentos para os mais diversos tipos de estudos, desde intercâmbios na graduação até doutorados. Há bolsas para diversos países.

Alemanha

As graduações costumam ser gratuitas no país. Por isso, os programas de apoio aos estudos são voltados para pós-graduação, mestrado e doutorado.

  • Heinrich Böll: a fundação alemã sem fins lucrativos oferece alguns tipos de financiamento para graduações, pós-graduações e doutorados na Alemanha.

  • Deutschland Stipendium: este programa oferece suporte financeiro a estudantes internacionais com forte desempenho escolar para estudar na Alemanha

  • DAAD: na verdade, esse é o site oficial de educação superior da Alemanha. Todos os tipos de bolsas de estudo e de pesquisa que estão disponíveis no país são listadas neste site, incluindo as do próprio DAAD e de outras organizações.

Espanha

  • Fundação Carolina: esta organização, voltada ao fomento de relações culturais e de cooperação educativa, oferece bolsas de pós-graduação, doutorado (sanduíche e normal), mobilidade de professores e de estudos institucionais.

  • Asociación Universitária Iberoamericana de Postgrado: com mais de 240 organizações associadas nas américas central e latina (incluindo o Brasil), Espanha e Portugal, possui uma série de acordos de apoios e concede bolsas desde pós-graduação até doutorado voltadas principalmente para membros destes países.

Holanda

  • Holland Scholarship: é um programa do Ministério Holandês da Educação, Ciência e Cultura, oferece € 5.000 que podem ser usados em mais de duas mil instituições holandesas para cursos ministrados em inglês. A iniciativa só está disponível para o primeiro ano do curso e não dá direito à renovação.

Porém, os estudantes podem trabalhar até 16 horas semanais durante o período de aula na Holanda. E durante as férias acadêmicas é permitido trabalhar integralmente.

França

Até mesmo o ensino superior público não é barato na França. Porém, existem diversos programas de bolsas disponíveis. Grande parte dos programas de iniciativa privada podem ser encontrados no site da [Campus France], a agência francesa de promoção do nível superior.

  • Ministério das Relações Exteriores da França: através das embaixadas, o governo francês possui vários programas de bolsas para estudos, estágios e pesquisas. Há ainda alguns programas mais específicos como o Eiffel Excellence, o Make Our Planet Great Again e o Excellence-Major.

Estados Unidos

  • Fulbright: o programa estadunidense oferece financiamento de acadêmicos e professores, principalmente, para que possam fazer suas pesquisas e, ao mesmo tempo, lecionar em escolas e universidades. Suportes adicionais são oferecidos em parceria com fundações, instituições e governos de outros países, incluindo o Brasil.

Canadá

  • Emerging Leaders in the Americas Program (ELAP): o programa do governo canandense concede bolsas de pesquisa para graduação e pós-graduações (acima de quatro meses de duração), assim como para mestrados e doutorados, desde que o período de intercâmbio seja de cinco a seis meses.

Seja para graduação, pós-graduação, intercâmbio ou cursos conferentes de grau, as próprias universidades estrangeiras (incluindo as públicas) também costumam ter bolsas próprias, de mérito e de perfil (necessidade).

Leia também: Como morar fora do Brasil: um guia completo

Como economizar para estudar no exterior 💰

Mesmo que você consiga apoio financeiro para estudar fora, você vai precisar ter dinheiro para passagens de avião, se instalar no novo país, e alguns outros custos relacionados à sua educação, que a bolsa possa não cobrir. Por isso, pesquise antecipadamente o custo de vida nas cidades das universidades onde você deseja estudar.

Depois que você tiver uma estimativa de custos, some o total que você precisaria para todo o tempo de duração dos cursos no exterior - dessa maneira também é mais fácil avaliar o quanto você pode arcar e o quanto precisaria de auxílio para se bancar durante e período de estudos. Um bom método de organização é colocar tudo em uma planilha.

bolsa-de-estudos

Depois, para enviar dinheiro entre Brasil e outro país para despesas relacionadas à educação no exterior, você vai precisar fazer uma transferência educacional (ou várias. Ex.: uma por mês). Os bancos, além dos custos SWIFT, cobram margem de lucro na taxa de câmbio e tarifas ocultas de serviço.

Com a Wise, você economiza até 8 vezes em relação aos bancos. O dinheiro sai da sua conta brasileira e chega na conta de destino no exterior em pouco tempo, e de forma barata.

Wise: poupe nas taxas e nas burocracias

A Wise utiliza o câmbio do mercado financeiro (sem margem de lucro) e cobra somente uma pequena comissão pelo envio.

🔍Transparência: evite surpresas, e saiba exatamente quanto paga e quanto chega no destino
Rapidez: envie o dinheiro em poucos minutos através do app ou no computador

E ainda existe outra alternativa para você economizar dinheiro para morar fora do Brasil.

Conta multimoeda

Com uma conta em euros gratuita e um cartão de débito sem custos, você pode gerir seu dinheiro de maneira mais segura e sem preocupações enquanto estiver no exterior. Uma conta multi moeda, com multi-vantagens.

Abra sua conta gratuita aqui 🚀


Esta publicação foi redigida com o intuito de fornecer informações gerais, sem a pretensão de abranger todos os aspetos do tema em questão. Ela não se destina a fornecer orientação financeira. Você deverá procurar aconselhamento profissional e/ou especializado antes de tomar qualquer ação baseada no conteúdo deste artigo. A informação da publicação não constitui parecer legal, fiscal ou de qualquer outra índole profissional por parte da TransferWise Ltda e seus parceiros. Resultados anteriores não garantem efeitos similares no futuro. Não garantimos de forma explícita ou implícita que o conteúdo da publicação esteja preciso, completo ou atualizado.

Wise é o jeito novo e inteligente de enviar dinheiro para o exterior.

Saiba mais

Dicas, novidades e atualizações para a sua região