Saque internacional: como fazer e quanto custa

Joao Marcos
17.03.21
Leitura de 3 minutos

Entre as etapas que precedem uma viagem internacional, sempre há a preocupação com o dinheiro reservado para os gastos fora do país. Você deve levar toda a quantia em espécie ou é melhor sacar dinheiro com cartão no exterior?

Se você também tem as mesmas dúvidas, confira este artigo e descubra como realizar saques e quanto custa sacar dinheiro no exterior. Finalmente, veja uma alternativa econômica para ter dinheiro no exterior sem precisar pagar inúmeras tarifas - usando a Wise.

Wise multimoeda: sua conta
global e se taxas 🌏

Como sacar dinheiro no exterior em caixa automático

Antecipe a viagem com seu banco

Antes de qualquer viagem internacional, é importante garantir que você vai poder usar seu cartão de débito ou crédito em caso de emergências. Para isso, lembre-se de solicitar a liberação ou habilitar o seu cartão para uso no exterior. Confirme também qual o limite para sacar dinheiro com seu cartão fora do Brasil..

Em alguns bancos, isso pode ser feito pela Internet, nos terminais de autoatendimento ou pela Central de Atendimento. Se você nunca usou esse serviço, confira qual é o procedimento adotado pela instituição bancária da qual você é cliente.

Procure o caixa certo

Sacando dinheiro no exterior? Não se esqueça de verificar a disponibilidade de caixas eletrônicos no país de destino. Procure por “ATM” que tenham a bandeira do seu cartão - Visa (rede Plus) ou Mastercard (rede Cirrus). Com eles, é possível sacar dinheiro no exterior.

Confira as taxas para sacar

Sobretudo, é essencial olhar para as várias taxas possíveis. Entre o dinheiro que você paga ao seu banco, a taxa de câmbio, os impostos e as taxas do caixa eletrônico, você pode ficar perdendo um. Entenda isso melhor mais abaixo.

Leia também: Vale a pena usar meu cartão de débito no exterior?

Qual a forma mais barata de usar seu dinheiro no exterior?

Como você pôde notar, retirar dinheiro sempre implicará alguns custos. No entanto, fazer saques no exterior não é a única forma de levar dinheiro para a sua viagem internacional. Ao fazer uma transferência internacional para fora do Brasil você economiza na taxa de IOF, tarifas de saque e demais custos. Você irá precisar de uma conta no exterior, sua ou em nome de um conhecido seu.

A seguir, você pode fazer uma simulação e comparar os valores entre algumas empresas usando a calculadora da Wise:


Qual a taxa de saque no exterior?

Ainda que você use o cartão de débito no exterior e faça saques direto do saldo da sua conta bancária do Brasil, é preciso estar preparado. Qualquer operação feita com cartão em um caixa eletrônico fora do país está sujeita a algumas taxa para sacar dinheiro no exterior, que podem variar. Veja:

  • Taxa de saque cobrada pelo seu banco. Essa taxa de saque é, normalmente, fixa e está disponível para consulta na tabela de tarifas da instituição bancária. Se tiver dúvidas, entre em contato com a central de atendimento ou vá até uma das agências
  • Taxa de saque cobrada pela instituição responsável pelo caixa eletrônico. Caso o caixa pergunte se você deseja ser cobrado na sua moeda ou na moeda local, escolha sempre a moeda local. Caso contrário o caixa irá cobrar uma taxa extra pela conversão do dinheiro
  • Cotação do câmbio turismo. Essa cobrança será feita por seu banco. A conversão do dinheiro em operações bancárias de câmbio incluem uma margem sobre o valor do câmbio comercial
  • IOF de 6,38% sobre os saques e compras pagas usando cartão de débito ou crédito no exterior

Sobre a cotação, é preciso ter em mente que caso o saque seja feito em países onde a moeda oficial não é o dólar, pode haver dupla conversão. Ou seja: uma retirada em euros é convertida em dólares pela operadora do cartão (Visa, MasterCard) e em reais pelo seu banco no Brasil.

Pesando todos esses fatores, muita gente pode se perguntar se vale a pena sacar dinheiro no exterior. A resposta é: você vai conseguir ter dinheiro. Mas se pretende não se preocupar com o pagamento de inúmeras taxas, a transferência internacional da Wise** é uma alternativa econômica e transparente**. Basta ser titular de uma conta bancária fora do país ou conhecer alguém que seja.

Como usar a Wise para enviar dinheiro?

Fundada em 2011, a Wise surgiu com uma missão muito clara: tornar as transferências internacionais econômicas e simples. Atualmente são mais de 4 milhões de clientes pagando taxas mais baratas do que aquelas cobradas por bancos e outras instituições.

Para fazer o seu próprio envio de dinheiro usando a plataforma, basta seguir o rápido passo a passo mostrado no vídeo:

Efetuado o pagamento, depois disso é feita a conversão, usando a taxa média comercial do mercado, esse dinheiro é transferido para o destino por meio de outra transferência bancária local.

O processo de envio é feito em poucos minutos, online e de qualquer lugar do mundo, por meio de qualquer dispositivo conectado à internet. O prazo para o dinheiro chegar no exterior varia conforme os países. Enviando do Brasil para o exterior, o dinheiro normalmente chega em 0-3 dias úteis.

Está esperando o que?

Abra sua conta gratuita agora 💰

Leia também: Os melhores apps de finanças pessoais gratuitos em 2021

Esta publicação foi redigida com o intuito de fornecer informações gerais, sem a pretensão de abranger todos os aspetos do tema em questão. Ela não se destina a fornecer orientação financeira. Você deverá procurar aconselhamento profissional e/ou especializado antes de tomar qualquer ação baseada no conteúdo deste artigo. A informação da publicação não constitui parecer legal, fiscal ou de qualquer outra índole profissional por parte da TransferWise Ltda e seus parceiros. Resultados anteriores não garantem efeitos similares no futuro. Não garantimos de forma explícita ou implícita que o conteúdo da publicação esteja preciso, completo ou atualizado.

Wise é o jeito novo e inteligente de enviar dinheiro para o exterior.

Saiba mais

Dicas, novidades e atualizações para a sua região