Comprar moeda estrangeira: tudo o que precisa saber

Fernando Figueiredo
19.08.20
Leitura de 6 minutos

Quem planeja viajar para o exterior, certamente precisa comprar moeda estrangeira - seja no cartão de crédito, cartão pré-pago ou dinheiro em espécie - para fazer pagamentos, realizar compras e saques. A boa notícia é que existem várias operadoras de câmbio no mercado, mas com tantas opções que oferecem, taxas e custos diferentes, pode ser difícil escolher a melhor alternativa.

Confira o artigo e confira como comprar moeda estrangeira para viagem e as tarifas cobradas em cada transação. Entenda também porque a Wise é uma maneira econômica para enviar dinheiro para o exterior.

Economize: use a Wise

Como e onde comprar moeda estrangeira

Existem diversas formas de comprar moeda estrangeira para sua viagem ao exterior, e cada uma delas oferece suas vantagens e desvantagens. Veja quais são os principais lugares para adquirir moeda estrangeira:

Essencialmente, você pode comprar moeda estrangeira de três formas.

✅Outra ideia: antecipe a compra de moeda e faça uma transferência internacional se conhecer alguém com conta no exterior, ou se você mesmo tiver conta em outro país. Com a Wise, você vai economizar, pagando menos e recebendo mais em troca.

Bancos

Os principais bancos do país oferecem o serviço de câmbio aos seus clientes. Contudo, essa não é a opção mais econômica para comprar moeda estrangeira para viagem porque as instituições bancárias cobram uma taxa extra sobre o câmbio e outras tarifas operacionais na hora de realizar a conversão das moedas.

Ainda, na maioria dos casos, a compra de dinheiro em espécie só pode ser feita presencialmente em agências bancárias, sendo que alguns bancos permitem que os correntistas agendem a compra pelo internet banking e retirem o dinheiro em caixas eletrônicos.

Também existe a opção de comprar moeda estrangeira com cartão de crédito do banco, ou adquirir o cartão pré-pago de viagem: ambos com seus custos de manutenção e margem sobre a taxa de câmbio.

Casas de câmbio

As casas de câmbio estão presentes nos aeroportos e um pouco por todo o Brasil. Para comprar moeda estrangeira em espécie, basta ir até uma agência com a quantia desejada e documentos de identificação.

Embora elas utilizem o câmbio turismo na conversão da moeda, cada agência pode cobrar suas próprias tarifas. Por esse motivo, os preços da compra oscilam de uma casa de câmbio para outra.

Outra opção é adquirir o cartão pré-pago de viagem oferecido pelas principais casas de câmbio. Apesar da facilidade, é importante ficar atento aos custos cobrados para aquisição, manutenção e utilização do cartão no exterior.

Plataformas online

Algumas plataformas online oferecem a possibilidade de comparar cotações de várias casas de câmbio e fazer o pagamento online. Para retirar o valor, o comprador pode ir até uma agência mais próxima ou tem a opção de receber o dinheiro em casa.

Ainda, as plataformas online de transferência internacional são uma opção segura, prática e econômica para ter dinheiro no exterior. Diferente dos bancos, não são cobradas altas tarifas bancárias e em alguns provedores como a Wise, o valor da remessa é convertido com a taxa de câmbio média do mercado. O envio é realizado rapidamente pela internet, sem necessidade de se dirigir até uma agência.

Economize: use a Wise

Dicas para comprar moeda estrangeira

Quer saber como comprar moeda estrangeira para viagem sem extrapolar o orçamento? É importante saber que o câmbio oscila diariamente e, ainda, cada provedor cobra um valor diferente para completar a operação.

Para evitar surpresas desagradáveis, confira dicas de como comprar moeda estrangeira pelo menor preço e sem dor de cabeça:

Planeje com antecedência e compre aos poucos

Comprar moeda estrangeira com antecedência é uma das melhores maneiras de economizar. Quem acompanha a variação do câmbio pode saber os melhores momentos para comprar moeda estrangeira. Mas é aconselhado fazer a conversão aos poucos, espalhando o risco por vários dias e não apostando tudo em um só momento..

Use comparadores online

Nos comparadores online, é possível verificar o valor do câmbio em diferentes provedores ao mesmo tempo. Essa é uma boa opção para quem quer saber como comprar moeda estrangeira para viagem pelo menor preço do mercado, sem precisar acessar vários sites e instituições.

Em alguns comparadores, ainda é possível ativar “alertas de câmbio”, no qual você recebe um e-mail quando a moeda estiver com um preço baixo.

Compre em lugares autorizados pelo BACEN

Fazer o câmbio no mercado paralelo não é uma boa opção. Além de incorrer em uma prática ilegal, você ainda corre o risco de ser enganado. Para evitar problemas, compre a moeda em lugares autorizados pelo Banco Central do Brasil (BACEN).

É possível verificar essa informação no site do BACEN ou pelo aplicativo Câmbio Legal.

Evite comprar em aeroportos

Comprar moeda estrangeira nas casas de câmbio dos aeroportos nem sempre é uma boa opção. Em geral, elas costumam converter a moeda com um câmbio turismo mais desfavorável, uma vez que são o último local antes de viajar onde a pessoa pode trocar dinheiro..

Para evitar gastos desnecessários, adquira seu dinheiro com antecedência pois o planejamento ajuda a reduzir os custos da sua viagem.

Compare o VET

No site do BACEN é divulgado o Valor Efetivo Total (VETs) em diferentes operadoras de câmbio. Além disso, cada operador é obrigado a mostrar esse valor. Ele revela o preço total da venda da moeda, com impostos e taxas já inclusos no valor do câmbio. Acesse o site e veja qual é o menor valor disponível no momento. No final, você deverá conseguir comparar quanto receberia em troca com cada operador, pagando o mesmo no total.

Comprar moeda estrangeira: custos

Na compra da moeda estrangeira, seja ela dinheiro em espécie, cartão de crédito ou cartão de viagem, é importante levar em consideração todos os custos envolvidos na hora da operação, desde a taxa de câmbio para conversão, impostos e outras tarifas que influenciam no preço final da transação.

Acompanhe a seguir quais são os principais custos cobrados:

  • IOF: o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) é um tributo federal que incide na compra de moeda estrangeira. As alíquotas variam entre 1,1% para dinheiro em espécie e 6,38% no câmbio feito em cartões de crédito ou pré-pagos.
  • Taxa de câmbio: os bancos e casas de câmbio usam o câmbio turismo na conversão da moeda. Ou seja, existe a cobrança de uma margem sobre o valor da taxa de câmbio comercial, margem que pode variar em cada instituição. É importante conferir as margens cobradas em cada provedor para acompanhar o menor valor.
  • Tarifa operacional: serve para custear as despesas do câmbio e, em geral, cada instituição cobra um valor diferente.
  • Taxa de entrega: tarifa extra aplicada quando o comprador decide receber o dinheiro em casa.
  • Taxa Swift: isso não é cobrado quando você compra moeda em espécie ou em cartão. Mas é cobrado nas remessas internacionais com bancos: é uma tarifa para cobrir os custos com as despesas de comunicação entre bancos de países diferentes. Novamente, cada situação terá uma taxa diferente, por isso é importante conferir com a sua agência quais as tarifas cobradas.

Evite os custos na taxa de câmbio e as taxas Swift

Você precisa de dinheiro no exterior, mas quer evitar todos os custos cobrados na hora de comprar moeda estrangeira para viagem?

Então o serviço de transferência internacional da Wise é uma alternativa mais econômica porque, diferente de outros provedores, converte o seu dinheiro com a taxa de câmbio média do mercado, ou seja, sem margem sobre o valor da cotação. Ainda, é cobrado o IOF de 0,38% para envios de contas de terceiros ou 1,1% para envios de mesma titularidade. Portanto não haverá os custos de um IOF de cartão, por exemplo.

Se você conhecer alguém com conta no exterior, ou se tiver conta no exterior em seu nome, economize: envie seu dinheiro com a Wise. A conversão é feita com o câmbio comercial, sem taxas Swift nem surpresas desagradáveis

Passo a passo para enviar dinheiro para o exterior

Enviar dinheiro para o exterior pela Wise é rápido, fácil e seguro. O envio é feito 100% online pela plataforma e o dinheiro é depositado diretamente na conta do beneficiário.

Confira a seguir o passo a passo de como enviar sua transferência:

  1. Caso ainda não tenha, crie sua conta gratuita na Wise
  2. Informe o valor da transferência e as moedas de envio e recebimento
  3. Preencha o formulário com os dados bancários locais do beneficiário
  4. Confira os dados da operação - taxas cobradas e valor recebido pelo destinatário
  5. Efetue o pagamento. Do Brasil, a opção é TED ou boleto bancário

Após isso, basta esperar que o dinheiro seja compensado na conta do beneficiário. Em muitos casos o dinheiro chega em algumas horas, mas é possível ver o tempo estimado de entrega no início da transferência e durante o processo.

Economize: use a Wise


Esta publicação foi redigida com o intuito de fornecer informações gerais, sem a pretensão de abranger todos os aspetos do tema em questão. Ela não se destina a fornecer orientação financeira. Você deverá procurar aconselhamento profissional e/ou especializado antes de tomar qualquer ação baseada no conteúdo deste artigo. A informação da publicação não constitui parecer legal, fiscal ou de qualquer outra índole profissional por parte da TransferWise Ltda e seus parceiros. Resultados anteriores não garantem efeitos similares no futuro. Não garantimos de forma explícita ou implícita que o conteúdo da publicação esteja preciso, completo ou atualizado.

Wise é o jeito novo e inteligente de enviar dinheiro para o exterior.

Saiba mais

Dicas, novidades e atualizações para a sua região